Votação da LDO de Goiânia deve se estender pela próxima semana na Câmara

Lucas Kitão diz que a única preocupação dos vereadores é garantir o cumprimento das emendas impositivas. “Direito nosso que não tem sido respeitado”

Foto: Fábio Costa / Jornal Opção

O vereador Lucas Kitão, presidente Comissão Mista, que trata da Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) do município, disse que a reunião para votar a matéria foi adiada para a próxima terça-feira, 2, por pedido do relator Jair Diamantino (DC) e de outros vereadores para que pudessem anular algumas emendas colocadas. “Outra questão foi a necessidade de alguns vereadores terem acesso ao relatório com antecedência”, justificou.

Lucas acredita que a votação também fique para a próxima semana, na quarta-feira, 3, e quinta-feira, 4. “Acredito que vamos conseguir cumprir no prazo regimental”.

Preocupação

Questionado se há preocupação por parte dos parlamentares, Kitão afirma que o ponto principal é a previsão orçamentária de cumprimento das emendas impositivas. “Que é um direito nosso e que não vem sendo respeitado pela prefeitura. Mas tendo essas previsões, acredito que já atenda à Casa”, tranquilizou.

Para ele, talvez a prefeitura tenha maiores preocupações, uma vez que, agora, precisa fazer as alterações necessárias para fazer o empréstimo autorizado pela Casa e que não tinha sido previsto pela LDO em exercício. “Tanto da contração do empréstimo quanto das alterações do Código Tributário”, estendeu. Inclusive, sobre Código Tributário, Kitão diz que ainda não há previsão para entrar na pauta.

Empréstimo

Em relação ao empréstimo, Kitão havia pedido a autorização para a criação de um grupo para acompanhamento e fiscalização da aplicação dos recursos, mas este foi aprovado. Segundo ele, a base o surpreendeu. “Não sei porque ter medo, se todos estão seguros”.

Apesar disso, Lucas afirma que, independente de existir grupo ou não, ele e mais quatro vereadores farão esse trabalho.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.