Vilmar Rocha, Francisco Júnior e Camila Rosa estimulam jovens a ingressarem na política

Henrique Meirelles era esperado no Encontro Estadual do PSD Jovem, mas não compareceu por choque de agendas

O estímulo ao ingresso de novos nomes na política deu o tom do Encontro Estadual do PSD Jovem em Goiás, realizado em Goiânia nesta sexta-feira, 11. O evento reuniu o presidente estadual do partido, Vilmar Rocha; o presidente metropolitano, Simeyzon Silveira; além de deputados, vereadores e entusiastas políticos. Apesar do previsto, o pré-candidato ao Senado pela sigla, Henrique Meirelles, não compareceu ao evento por choque de agendas.

Vilmar Rocha afirma que os partidos políticos precisam ter abertura aos jovens pois é o maior espaço para a entrada na política e discussões de problemas sociais. “A minha geração a gente começava na política através dos grêmios estudantis. Hoje, os centro acadêmicos não cumprem esse papel. Na minha avaliação esse papel está reservado para as juventudes dos partidos. Precisamos ter pauta com espírito da juventude”, afirma.

O deputado federal Francisco Jr (PSD) e pré-candidato à reeleição tomou frente do evento. As vezes as pessoas me perguntam quando me decidi entrar na vida pública. Eu sempre fui idealista e eu tentava fazer algo para me ajudar, mas isso não era suficiente. Por mais que eu me esforçasse, as coisas não aconteciam como tinham que ser. Eu não tinha o poder para fazer acontecer. No Brasil temos três poderes: executivo, legislativo e judiciário. Só através desses poderes conseguimos mudar a vida das pessoas”, disse.

Francisco Jr foi o responsável por convidar vários políticos que entraram na vida política jovem, mesmo sendo eleitos por outras siglas, como é o caso do prefeito de Trindade, Marden Júnior (Patriota). Os convidados, dessa forma, não foram restritos a representantes do partido. Inclusive, o lema do evento, de acordo com a própria organização, foi o ‘pluripartidarismo’. Segundo o prefeito de Trindade, que discursou no encontro, “a política é a parte boa. Na vida da gente algo precisa ter algo plantado. Hoje sempre faço uma reflexão, a juventude é importante e é responsável pelo foco. Mas foco sem direção não leva a lugar nenhum. Precisamos ter ao lado pessoas experientes”.

Camila Rosa (PSD), vereadora de Aparecida de Goiânia, também esteve presente no evento. No encontro, inclusive, a parlamentar chegou a comentar o caso de machismo em que sofreu na Câmara de Aparecida, quando teve seu microfone silenciado pelo presidente André Fortaleza. “Não cheguei na política por acaso. Cheguei por crer que o esforço coletivo faz a diferença. Nós não somos a minoria” comentou. O episódio está sendo resolvido pela justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.