Vídeo: veja filmagens impressionantes da tempestade de areia que atingiu SP e MG

Fenômeno antecedeu chegada de frente fria após estiagem de três meses no interior dos Estados. Via Anhanguera ficou totalmente escura no meio da tarde

No meio da tarde deste domingo, 26, uma inacreditável tempestade de areia pegou de surpresa a população de diversas cidades do interior de São Paulo e de Minas Gerais.

O vendaval fez o dia ficar com cara de noite e foi registrado em inúmeros vídeos postados nas redes sociais, com cenas de municípios como Franca, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Araçatuba, Barretos e Frutal (MG).

A cidade de Franca, distante cerca de 400 quilômetros da capital, foi uma das mais atingidas. Envoltos por ventos fortes e uma densa nuvem de poeira, moradores tiveram dificuldade até para respirar. O trânsito ficou e o comércio foram afetados. Veja imagens:

 

 

Também em Franca, outro morador se espanta com o fenômeno:

 

Na Via Anhanguera, um motorista flagrou a tempestade de areia “por dentro”. Com o pisca-alerta acionado, ele informou o horário (“10 pras 4 da tarde”) e avisava que da impossibilidade de dirigir naquela situação (“todo mundo parado na pista”). Ele fez questão de registrar a situação da falta de visibilidade na autovia: 

 

Também em uma cena filmada de dentro de um veículo, é possível ver como se formou a tempestade de areia:

 

Em Ribeirão Preto (SP), um morador filmava e previa: “Vai cair um delúvio(sic). Na cidade,  a 300 quilômetros de São Paulo, foram registrados ventos de até 92 km/h. Veja as cenas:

 

Em um condomínio fechado, uma família filmou pela janela objetos voando e se espantou com o fenômeno:

 

Em outra imagem, o fenômeno visto ainda mais “por dentro”:

 

Em Barretos, uma área de lazer com guarda-sóis e cadeiras foi literalmente varrida pelo vento:

Segundo o site Climatempo. a tempestade de areia ocorre quando ventos muito fortes conseguem tirar do solo uma quantidade significativa de poeira e levá-la para a atmosfera. Essas partículas podem, assim, ser transportadas por longas distâncias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.