O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) fez um discurso para seus apoiadores durante uma marcha contra o aborto realizado em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, neste domingo, 8. Na ocasião, Bolsonaro criticou as pautas debatidas e aprovadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) após deixar o cargo de presidente da República.

Acompanhado pelo fiel apoiador, o deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG) e pela esposa, a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro, o ex-capitão disse que tudo piorou com a sua saída do Planalto. “Não sei se vocês repararam. Foi só a gente deixar a Presidência, parece que as portas do inferno se abriram atrás de nós”, afirmou.

“Vamos às ruas por aqueles que não podem dizer ‘Meu corpo, minhas regras’”, alfinetou, em referência à frase do movimento feminista.

Sobre o Supremo, Bolsonaro mencionou os últimos julgamentos relacionados à descriminalização do aborto e à posse pessoal de drogas como as “portas do inferno” que se abriram desde que deixou o Palácio do Planalto.

Segundo o ex-chefe do Executivo federal, durante o seu mandato, temas como aborto e drogas não eram pautados. Em ataque à esquerda, ele disse: o “outro lado”, sempre defendeu a “liberação” das drogas.

As pautas do STF têm sido alvos da oposição ao governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no Congresso Nacional. Os assuntos são considerados de costumes. Em contra-ataque, as bancadas de oposição têm apresentado propostas de emenda constitucional (PEC) e projetos de lei para reverter ou limitar essas decisões. Isso tem acirrado o conflito entre os poderes Legislativo e Judiciário.

Marchas

Bolsonaro e Michelle convocaram seus apoiadores para participar da marcha ao longo da semana. A concentração da multidão teve início na Praça da Liberdade, localizada na região de classe alta da Savassi.

Nikolas Ferreira conclamou, por meio de vídeos nas redes sociais, que os manifestantes fossem vestidos de branco e levassem seus filhos.

Além dessa marcha, em BH, o ex-presidente convocou seus apoiadores para uma marcha contra o aborto no Espaço Alternativo, em Porto Velho, Rondônia, às 16h da próxima quinta-feira, 12 – feriado de Nossa Senhora Aparecida e Dia das Crianças.

Assista ao vídeo:



Leia também: Ao lado de Wilder e Bolsonaro, Lissauer confirma filiação ao PL e pré-candidatura em Rio Verde

Bolsonaro deve selar apoio à candidatura do Professor Alcides em seu aniversário