Vereadores pedem que Prefeitura de Goiânia reative o Compur

Segundo a vereadora Sabrina Garcêz, o conselho responsável pelas diretrizes de políticas urbanas está paralisado desde o início da gestão Iris Rezende

Requerimento é de autoria da vereadora Sabrina Garcêz (PMB) | Foto: Divulgação / assessoria Câmara Municipal de Goiânia

Por iniciativa da vereadora Sabrina Garcêz (PMB), 23 vereadores da Câmara Municipal de Goiânia assinaram na manhã desta quinta-feira (13/7) um requerimento para que o prefeito Iris Rezende (PMDB) reative o Conselho Municipal de Política de Urbana (Compur). 

Segundo a vereadora, o colegiado responsável por auxiliar a administração municipal na formulação, acompanhamento e atualização das diretrizes e dos instrumentos de implementação de política urbana municipal está desativado desde o início de 2017.

“Muitas determinações de políticas urbanas que a prefeitura está passando estão sendo aprovados de maneira irregular, pois pela Lei Orgânica do Município, elas precisam ser aprovadas pelo Compur primeiro”, explicou a Garcêz.

Além disso, ela lembrou que, em ano de discussão da revisão do Plano Diretor de Goiânia, é fundamental que o conselho esteja em pleno funcionamento. “O Compur é composto por várias entidades da sociedade civil e representantes de órgãos da prefeitura e, por isso, ele desempenha justamente a função de fazer essa interlocução. Acredito que o Plano Diretor deve ser debatido com todos e não apenas com um segmento e por isso a importância da reativação do conselho”, disse a vereadora.

Na última terça-feira (11/7), a Comissão de Habitação, Urbanismo e Ordenamento Urbano da Câmara realizou uma audiência pública sobre o Plano Diretor. O evento contou com a presença de diversas entidades, mas a prefeitura não mandou nenhum representante para o debate.

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.