Vereadores de Goiânia aprovam limite de tempo de espera para usuários do transporte coletivo

Ônibus poderão demorar no máximo 20 minutos em dias normais, 30 minutos nos finais de semana e até 40 minutos e dias de chuva forte e alagamentos

Os vereadores de Goiânia aprovaram, nesta terça-feira (3/7), em segunda e última votação, o projeto de lei que estabelece o tempo máximo de espera pelo usuários nos pontos de ônibus do transporte coletivo da capital.

Autor da proposta, o vereador Alysson Lima (PRB) diz que trabalhar para que o prefeito Iris Rezende (MDB) não vete a matéria.”Trata-se, na verdade, de um serviço ruim e ineficiente, com passagens caras. Faltam ônibus para atender a demanda nos terminais e pontos de ônibus, ocasionando longas filas para o embarque, veículos lotados nos horários de picos e precariedade do serviço”, declarou.

De acordo com o texto, as concessionárias do transporte coletivo da capital ficam obrigadas a disponibilizar ônibus suficientes aos usuários. Nesse sentido, o projeto estabelece tempo máximo e mínimo para efeito da lei, ou seja, o tempo de espera será de 20 minutos em dias normais; 30 minutos nos finas de semana e feriados e de até 40 minutos em dias de tempo com chuvas fortes e alagamentos.

O cumprimento dos horários, pelo projeto, será feita pelo Serviço de Informação Metropolitano (SIM) e pelo Sistem “Olho no ônibus”, oferecido pela Rede Municipal do Transporte Coletivo.

As empresas terão 90 dias, após a publicação da Lei no Diário Oficial do Município, para o cumprimento das citadas disposições.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.