Vereadores criticam saúde em Goiânia e denunciam falta de médicos pediatras nos Cais

Durante sessão plenária, vereador Lucas Kitão (PSL) criticou gestão de Iris Rezende e líder do governo, Tiãozinho Porto, saiu em defesa da pasta

Vereador Lucas Kitão | Foto: Câmara Municipal

Ao fazer uso da palavra durante a sessão plenária da Câmara Municipal de Goiânia, nesta quinta-feira, 7, o vereador Lucas Kitão (PSL) criticou a saúde da capital. Ele lamentou a falta de médicos, especialmente pediatras, nos Cais de Goiânia e repudiou a fala de vereadores que disseram anteriormente que a saúde do município se encontra em boas condições, dentre eles, o líder de governo, Tiãozinho Porto (Pros).

Da tribuna, Kitão reforçou que durante o carnaval, “enquanto alguns goianienses descansavam”, milhares de pais de família enfrentavam uma situação deplorável em busca de atendimento para seus filhos. “Tenho dó de quem tem filho pequeno e não tem condição de pagar um plano de saúde para essas crianças”, disse.

O vereador Divino Rodrigues (Pros) também se pronunciou sobre o assunto. Ele lamentou uma situação de dificuldade enfrentada no último final de semana quando precisou buscar atendimento na rede municipal de saúde para sua sogra. “O prefeito diz que a Fátima Mrué é a melhor secretária de Goiânia. Respeito o prefeito que tem sido um parceiro, um amigo, mas infelizmente a Fátima tem sido uma péssima gestora”.

Ele lamentou ainda que quando os vereadores a procuram em seu gabinete não são recebidos “nem pelos assessores”. E por fim, disparou: “Vereador não é capacho seu (disse direcionado à Mrué). Estamos aqui porque a população nos enviou para representá-la. Essa Casa precisa ser respeitada pela secretária. Tenha ao menos a dignidade de nos receber e dizer que não tem dinheiro para cuidar da saúde do município”.

O líder de governo, Tiãozinho Porto, citado por Kitão durante seu pronunciamento, enalteceu a postura do vereador ao demonstrar preocupação com os atendimentos em Goiânia. “Com saúde não se brinca. Principalmente com a das crianças”. E rebateu: “Só discordo quando o vereador diz que a prefeitura está parada. Volto a reforçar meu apoio ao prefeito Iris Rezende (MDB) que está trabalhando e buscando melhorias”.

Tiãozinho Porto (PROS), líder de Iris Rezende na Câmara | Foto: Alberto Maia

Porto alegou ainda que irá “marcar uma reunião” durante a tarde desta quinta-feira, 7, com a secretária. “Quero saber detalhes dessa questão da equipe de pediatras. Como será feito e como iremos proceder pois realmente não podemos ficar sem esses médicos”. Por fim, disse que “a secretária está melhorando”. “A gente sabe e acompanha. Quero o apoio de todos vocês para que, juntamente com a secretária, possamos melhorar a saúde de Goiânia”, pontuou.

2 respostas para “Vereadores criticam saúde em Goiânia e denunciam falta de médicos pediatras nos Cais”

  1. Avatar Elias Pinheiro disse:

    Como alguém que não usa a saúde pública pode defende-la para outrem? Ou pior, como uma turma de boas vidas podem defender aqueles que sobrevivem com o mínimo?

  2. Avatar Wellington Oliveira O Pescador disse:

    Segundo informaçoes do TCM , tem menos de 900 agentes de saude para combater a dengue em Goiania Isso a sra secretaria de saude e seus assessores nao falam nada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.