Vereadores aprovam mudanças na escolha de presidentes do Imas e IPSM

Medida afeta atuais dirigentes ao obrigar nomeação exclusiva de servidores efetivos aos cargos

Arquivo

Foi aprovado nesta quinta-feira (21/12), na Câmara de Goiânia, Projeto de Emenda à Lei Orgânica do Município, de autoria do vereador GCM Romário Policarpo (PTC), que obriga a nomeação de servidores efetivos nos cargos de presidente dos Institutos de Previdência e de Saúde dos servidores públicos municipais.

A matéria altera a redação do inciso XXIV do artigo 115 da Lei Orgânica e determina, ainda, a exoneração dos secretários, dirigentes de autarquias, fundações ou empresas públicas do município, bem como os titulares de cargos ou funções de confiança ou comissão.

“Essa medida se faz necessária para a plena e eficiente gestão dos recursos pertencentes aos servidores efetivos do Município, e pela segurança jurídica das decisões tomadas. Nada mais justo que os verdadeiros interessados façam a gestão administrativa, financeira e política dos seus institutos”, argumenta Romário Policarpo, lembrando o artigo 40 da Constituição Federal como fundamentação legal para o seu projeto.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.