Vereadora denuncia ex-vice-prefeito de Rio Verde por perseguição política

Marussa Boldrin alega que Dannillo Pereira a abordou de forma agressiva e disse que ela não seria candidata a nenhum cargo no pleito de 2022

Vereadora Marussa Boldrin e vice-prefeito de Rio Verde, Dannillo Pereira l Foto: Reprodução

Em Rio Verde, a vereadora e pré-candidata a deputada estadual, Marussa Boldrin (MDB), alega ter sido provocada em uma abordagem pelo ex-vice-prefeito da cidade e pré-candidato a deputado federal, Dannillo Pereira (PSD). Segundo Boldrin, o político afirmou que ela não participaria das eleições de 2022. Ela destaca ainda que os dois nunca tiveram divergências anteriormente. O caso aconteceu durante o evento TecnoShow, nesta segunda-feira, 4.

Marussa relata que estava em uma roda de conhecidos quando Dannillo passou e a abordou “de forma agressiva”. “Ele disse que eu não seria candidata a nada. Eu olhei de forma assustada para ele e retruquei que seria sim pré-candidata a deputada estadual. Ele não esperou eu terminar de responder e falou, de novo, que eu não era [candidata] a nada, ‘muito menos por cota feminina’”, afirma. 

Ao Jornal Opção, a vereadora contou que antes disso eles nunca tiveram nenhum tipo de divergência. “Eu sempre tive diálogo com o Poder Executivo, principalmente quando a pauta era de interesse dos setores que eu represento ou de projetos bons para a cidade, mas sempre mantive meus posicionamentos quando não concordava”, destaca.
Ela afirma ainda que desde quando foi eleita como vereadora, está trabalhando para o projeto de deputada estadual. “Eu já venho planejando esse cenário desde o ano passado e, no meio do caminho, o prefeito do município [Paulo do Vale (União Brasil)], colocou outro nome como candidato a deputado estadual. Ainda assim, eu não me intimidei. Mesmo com essa perseguição, eu não vou desistir”, diz. Segundo Boldrin, Paulo do Vale deve bancar o filho, Lucas do Vale, como candidato.

O Jornal Opção tentou contato com Dannillo Pereira por telefone e por aplicativo de mensagem, mas até o fechamento desta matéria não houve retorno. O espaço segue aberto para esclarecimentos.

Uma resposta para “Vereadora denuncia ex-vice-prefeito de Rio Verde por perseguição política”

  1. Avatar Osíris Ponce Leones disse:

    Cadê o Ministério Público pra colocar esse cara na cadeia! Ou eu tô errado?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.