Vanderlan sobre expectativa para eleição: “Não existe derrota no meu vocabulário. Só vitória”

Candidato do PSB votou na manhã deste domingo acompanhado do vice-governador, José Eliton, e apoiadores

Presidente do PSDB Goiânia, Rafael Lousa; vice-governador José Eliton; senadora Lúcia Vânia; presidente do PPS Goiânia, Darlan Bráz; Vanderlan Cardoso; a esposa, Izaura; o vice Thiago Albernaz e a noiva, Raísa Martins

Presidente do PSDB Goiânia, Rafael Lousa; vice-governador José Eliton; senadora Lúcia Vânia; presidente do PPS Goiânia, Darlan Bráz; Vanderlan Cardoso; a esposa, Izaura Cardoso; o vice Thiago Albernaz e a noiva, Raísa Martins

Candidato do PSB à prefeitura de Goiânia, Vanderlan Cardoso, votou na manhã deste domingo (30/10), no Colégio Estadual Novo Mundo, na região Leste da capital. Acompanhado de aliados e apoiadores, o empresário afirmou que está confiante na vitória: “Não existe derrota no meu vocabulário”.

Apesar de aparecer numericamente atrás de Iris Rezende (PMDB), ele garante que há chances de reverter o quadro, devido à quantidade de indecisos.

“Nossas pesquisas mostram uma disputa acirrada, mas acho que chegaremos vitoriosos. Mostrei propostas, estou satisfeito com a campanha, inclusive, as mais bem aceitas e avaliadas foram as nossas. Saímos no início do primeiro turno com 10% e chegamos ao segundo em empate técnico com o adversário”, comentou.

Para o pessebista, a campanha foi dura no segundo turno, mas assegura que priorizou o debate de alto nível e apenas respondeu aos ataques de Iris Rezende. “Nosso adversário partiu para ataque, toda ação teve uma reação. Ele falta com a verdade e nós mostramos para a população”, completou.

Questionado sobre a presença do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), em sua campanha, Vanderlan disse que só tem a agradecer à equipe do tucano e aos partidos aliados, rebatendo ataques feitos pelos oposicionistas.

“Eles escolheram as críticas erradas, o governo do Estado tem feito muito por Goiânia. Agradeço à população, fui muito bem recebido. Não lamento nada, os ataques são característicos. Vocês conhecem outra forma do PMDB disputar eleição, se conhecerem me falem”, retrucou.

Estiveram com Vanderlan o vice-governador José Eliton (PSDB), o presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras Públicas (Agetop), a senadora Lúcia Vânia (PSB) e o deputado estadual Simeyzon Silveira (PSC).

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.