Vanderlan se licencia do Senado por 45 dias

Senador goiano entra de licença “por interesses particulares” a partir desta quarta-feira, 25, e fica até início de julho, época das convenções partidárias

O senador Vanderlan Cardoso (PSD) está de licença do Senado a partir desta quarta-feira, 25. A solicitação é para tratar de interesses particulares e estará em vigor até o dia 8 de julho, sendo não remunerada durante esses 45 dias. Nos bastidores, o período afastado das funções parlamentares aumenta os rumores sobre sua esposa, Izaura Cardoso ser candidata à vice-governadoria de Goiás. A nova filiada do Partido Liberal (PL) é, segundo a cabeça de chapa da sigla, o pré-candidato ao Governo de Goiás, Vitor Hugo (PL), alguém com “todas as condições para ocupar a vaga”.

Segundo fontes próximas ao senador, a licença se dá por vários aspectos: tratar de questões empresariais – Vanderlan é proprietário fundador do Grupo Cicopal; problemas de saúde e assuntos políticos, com reuniões a pré-candidatos que quer ajudar nas eleições de 2022. Ainda, nos bastidores, a licença poderá se estender caso o senador avalie ser necessário. Neste caso, o seu suplente, Pedro Chaves, assumiria o mandato.

Por mais que a movimentação para uma chapa “puro-sangue” com Vitor Hugo e Izaura Cardoso seja forte, segundo a mesma fonte Vanderlan descartou a ideia. “Izaura estava no PSC há muito tempo e, como uma forma de mostrar o apoio de Vanderlan a Vitor Hugo, em uma campanha bolsonarista, ela filiou-se ao PL”, disse ao Jornal Opção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.