“Vacina no braço e comida no prato”: frase de deputado vira bordão no Brasil

Frase criada pelo vice-presidente da Câmara está sendo repetida nas redes sociais, em discursos políticos e entrevistas de parlamentares de vários partidos

Frase criada pelo deputado Marcelo Ramos (PL-AM) em resumo à solução para crise sanitária e econômica do País tem sido repetido por partidos e parlamentares. “Vacina no braço e comida no prato” é o bordão usado espontaneamente, pela primeira vez, em uma entrevista na CNN pelo vice-presidente da Câmara.

Marcelo Ramos disse que todo dia um deputado, senador, uma entidade liga pedindo para usar a frase. A frase, de acordo com o deputado, “une o País por garantir vacina e comida a todas as pessoas, principalmente porque deixa claro que não existe um remédio para a pandemia e outro para a economia”.

A última reprodução da frase de efeito de Marcelo Ramos foi postada no Twitter, nesta quinta-feira, dia 22, pela liderança do PT na Câmara dos Deputados. O Partido dos Trabalhadores também lançou a hashtag com a mesma frase. Ainda na esteira da campanha virtual, há internautas que adotaram o perfil “Vacina no braço e comida no prato”.  

No entanto, o famoso bordão amazonense já foi mencionado em postagem do governador de São Paulo, João Dória (PSDB). Além de Dória, a frase foi usada, principalmente, por deputados federais do Partido Liberal, legenda de Ramos. 

O vice-presidente da CPI da Covid, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), também adotou a frase de efeito.

Outdoor 

Com o devido pedido de usufruto ao autor, “Vacina no braço e comida no prato” já esteve estampado em outdoor em Caldas Novas. O anúncio é da deputada federal Magda Mofatto (PL-GO). Quem também o adotou foram os deputados Altineu Cortes (RJ) e Jorge Goetten (SC), ambos também do Partido Liberal.  

Membros da União da Juventude Socialista (UJS), por exemplo, postaram imagens de manifestação a favor da vacinação, nas redes sociais, com o slogan do ex-comunista amazonense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.