Unidades da JBS em Senador Canedo, Mozarlândia e Goiânia estão paralisadas

Produção de carne ficará suspensa por três dias e depois volta com uma redução de 35% de sua capacidade

Unidade da JBS em Goiânia | Renan Accioly/Jornal Opção

Investigada na Operação Carne Fraca, a JBS suspendeu por três dias a produção de carne bovina em 33 unidades das 36 que a empresa mantém no País, incluindo três no Estado de Goiás, confirmou a assessoria da empresa na manhã desta sexta-feira (24/3) ao Jornal Opção.

Ficam paralisadas até o início da próxima semana as unidades da multinacional em Senador Canedo, Mozarlândia e Goiânia. Em comunicado, a JBS informou que, a partir de semana que vem, a companhia volta a operar em todas as suas unidades, mas com uma redução de 35% da sua capacidade produtiva.

Segundo a empresa, o objetivo é ajustar a produção até que haja uma decisão sobre as restrições adotadas por vários países à importação de carne brasileira após ação da Polícia Federal.

“A JBS ressalta que está empenhada na manutenção do emprego dos seus 125 mil colaboradores em todo o Brasil”, finaliza a empresa no comunicado enviado à empresa na quinta (23).

Deflagrada na última semana, a Operação Carne Fraca, repercutiu diretamente no mercado de exportação de carnes brasileiras, registrando queda de quase 100%. A PF investiga esquema criminoso entre fiscais agropecuários federais e empresários do agronegócio, que facilitava a produção de alimentos adulterados.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.