União entre Democratas e PSL deve ser homologada nesta terça-feira

Pedido de fusão do partido do governador Ronaldo Caiado e do deputado federal Waldir Soares será julgado no Tribunal Superior Eleitoral  

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai julgar nesta terça-feira, 8, o pedido de registro do União Brasil, que é fruto da fusão entre o Democratas e o PSL. A união é nacional, mas tem repercussão em todo o Estado, porque o Democratas é o partido do governador Ronaldo Caiado, que é pré-candidato à reeleição, e o PSL é comandado pelo deputado federal Delegado Waldir, que também é pré-candidato ao Senado Federal e tenta construir a pré-candidatura.  

O julgamento está previsto para 19 horas, quando os sete ministros que compõe o Plenário do Tribunal vão decidir pela homologação ou não da nova legenda. Caso aprovado, os partidos deixarão os números 25 (do Democratas) e 17 (do PSL) para adotar o antigo código eleitoral do PRP, o 44. O número estava nas urnas durante o último pleito.  

Sendo homologada, o partido contará com 91 deputados. Entre eles estão os deputados goianos Dr. Zacharias Calil (Democratas), Zé Mário (Democratas), Delegado Waldir (PSL) e Major Vitor Hugo (PSL). O último deve seguir o caminho do PL na próxima janela partidária, que será aberta no mês de março ou até mesmo antes, porque a fusão lhes dará uma brecha. Vitor Hugo e outros parlamentares devem seguir o deputado federal Eduardo Bolsonaro (rumo ao PL), que está de saída do partido. 

A união foi selada entre as duas siglas em uma convenção eleitoral conjunta, que foi realizada em outubro do ano passado com a presença do governador Ronaldo Caiado. Na ocasião as duas siglas aprovaram fusão, cuja previsão de conclusão era de até três meses para que fosse analisada pelos ministros. Na época, o único voto contrário foi do ministro do Trabalho e da Previdência do Governo Federal, Onyx Lorenzoni, que votou contra fusão. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.