Última vítima de atirador ainda internada permanece sem previsão de alta

Adolescente alvo de disparos no Colégio Goyases ficou paraplégica e segue internada na UTI do Hugo, em Goiânia

A adolescente I.M.S., de 14 anos, segue internada recebendo tratamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), sem previsão de alta. Ela foi vítima de disparos efetuados por um colega dentro da sala de aula no Colégio Goyases, no último dia 20 de outubro.

Segundo boletim médico divulgado neste domingo (5/11), o estado de saúde da jovem é regular. Ela está orientada, consciente, respirando de forma espontânea, com auxílio de oxigênio. I.M.S. é a última das vítimas ainda internada e segue sem previsão de alta médica do Hugo. Ela foi alvejada nas costas e ficou paraplégica.

A adolescente é uma das vítimas da tragédia que chocou o Brasil. Dois adolescentes morreram e outros quatro ficaram feridos depois que um garoto de 14 anos abriu fogo contra os colegas dentro da sala de aula.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.