TRE-GO mantém decisão pela cassação do vereador Dr. Marco Arthur, de Paranaiguara

Pai do parlamentar goiano, Márcio Silva da Cruz, teria promovido “compra de voto” para o filho nas eleições de 2020

Dr. Marco Arhur | Foto: Reprodução/Facebook

Por decisão unânime do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO), o vereador Dr. Marco Athur (PSC), de Paranaiguara, teve seu diploma cassado. O parlamentar foi condenado por compra de voto nas eleições de 2020, em Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), promovida pelo Ministério Público Eleitoral (MPE).

Segundo as apurações, o pai do vereador, Márcio Silva da Cruz, realizou a captação ilícita de votos e abuso do poder econômico por meio da “compra de votos” para seu filho, Dr. Marco Arthur, candidato a vereador à época. Márcio promovia doações de tijolos, passaportes a idosos e dinheiro a eleitores do município de Paranaiguara. Após três notícias-crimes, no dia das eleições municipais, em 15 de novembro de 2020, a Polícia Civil efetuou a prisão de Márcio Silva e realizou as diligências.

“O que se percebe do caso em tela é que a normalidade das eleições municipais de 2020, do município de Paranaiguara, foi violada, uma vez demonstrado nos autos a prática de ação ilícita por parte de Marco Arthur Silva Cruz, candidato ao cargo de Vereador daquela urbe. Conforme documentação anexada aos autos, depreende-se que o recorrente, com a contribuição de seu genitor, Senhor Márcio Silva da Cruz, conhecido como Márcio da Cerâmica’, distribuiu dinheiro, doou tijolos e passaportes de idosos no dia anterior às eleições, além de prometer pagamento de contas de energia, tudo isso em troca de votos dos eleitores”, afirmou o relator juiz membro Átila Naves Amaral.

O vereador deverá se manter inelegível por oito anos subsequentes à última eleição e pagar multa no valor de R$50 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.