TRE anula resultados de pesquisa eleitoral realizada pela Real Time Big Data

Pesquisa de intenção de votos realizada em Cristalina foi considerada inconsistente. Envolvidos deverão excluir de suas redes sociais, em 24 horas, todas postagens relacionadas ao assunto

O Tribunal Regional de Goiás, cartório da 036ª Zona Eleitoral de Cristalina (GO), decidiu favoravelmente pela ação movida pela Coligação Fazer Cristalina Grande Novamente, na qual é alegada a inconsistência de uma pesquisa de intenção de voto realizada pela Real Time Big Data.

A pesquisa favorecia o atual prefeito do município e candidato à reeleição Daniel Sabino Vaz (DEM) e o candidato a vice-prefeito Luís Otávio Biazoto Massa (Cidadania).

“Os dados apresentados não se revelaram consistentes, tendo em vista a realidade vivenciada na municipalidade, o que gera fundada dúvida acerca da metodologia e do efetivo cumprimento das normas atinentes à realização de pesquisa eleitoral”, diz argumento do processo.

Os requerentes ainda pontuaram que a pesquisa não apontou bairros ou regiões da cidade onde foi realizada a coleta de dados e não houve indicação dos candidatos concorrentes ao pleito, ficando ausentes de seus questionários os candidatos Olivar Caetano e Wanderlei Bennati.

Nos argumentos, os representantes da Coligação ressaltaram que, diante da omissão, os resultados sequer poderiam ser registrados para efeito de divulgação.

Conforme a decisão do TRE, fica suspensa toda e qualquer divulgação da pesquisa e os requeridos (Real Time Big Data, Daniel Sabino Vaz e Luís Otávio Biazoto Massa) deverão excluir de suas redes sociais, em 24 horas, todas as postagens relacionadas aos resultados da mesma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.