Torcedores invadem centro de treinamento do Goiás e agridem zagueiro

Integrantes da Força Jovem depredaram as instalações do CT e entraram em confronto com o zagueiro Bruno Aguiar, único jogador presente no momento da invasão

Reprodução

Dezenas de integrantes da Força Jovem, principal torcida organizada do Goiás Esporte Clube, invadiram no final da tarde do último sábado (26/9) o Centro de Treinamento do clube, no Parque Anhanguera, em Goiânia.

Além de depredar o local, os torcedores entraram em confronto com o zagueiro Bruno Aguiar, único jogador presente no momento da invasão. O atleta foi agredido e ficou ferido no rosto.

A má campanha do Goiás na Série B do campeonato brasileiro e as chances de rebaixamento motivaram a invasão. Em nota de repúdio, o clube lamentou a invsão e disse não reconhecer no grupo de invasores os valores de sua imensa torcida. Confira abaixo o comunicado na íntegra:

Nota de repúdio

O Goiás Esporte Clube repudia de maneira veemente os criminosos atos de vandalismo cometidos no Centro de Treinamento Edmo Pinheiro na tarde deste sábado, 26. Além do patrimônio depredado no vestiário, academia, departamento médico e de fisiologia, profissionais esmeraldinos, cidadãos honrados, foram agredidos covardemente física e verbalmente. Diretoria, comissão técnica e atletas reafirmam sua hombridade e respeito para com a instituição alviverde, garantindo empenho irrestrito durante suas atividades profissionais. O Goiás salienta que não reconhece neste grupo de vândalos os valores de sua imensa torcida, que jamais cometeria atos de barbárie como os que foram vistos no CT Edmo Pinheiro.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.