“Temos a nossa prerrogativa e vamos usá-la”, diz Humberto Aidar

Durante CPI, relator pediu respeito dos empresários aos parlamentares que participam da comissão

O deputado Humberto Aidar (MDB), relator da CPI dos Incentivos Fiscais, aproveitou a participação do presidente dos sindicatos da Indústria de Fabricação de Etanol e Açúcar do Estado de Goiás (Sifaeg), André Rocha, para pedir respeito aos parlamentares. Segundo o emedebista, existem insinuações de que legisladores cobrariam para encerrar as investigações.

“Sabemos da importância da indústria, a respeitamos e gostaríamos de ser tratado como o mesmo respeito”, ponderou.  Ele ainda aproveitou para afirmar que uma CPI não gera instabilidade no instabilidade no setor. “Temos a nossa prerrogativa e vamos usá-la”.

Segundo Aidar, em todas as CPIs criadas existe movimentação do segmento investigado para que ela não seja realizada, mas “quem não deve não teme. E nós estamos dirigido essa CPI com viés técnico, então gostaria que o senhor levasse essa informação aos empresários do seu setor”, se dirigiu a André Rocha.

E ainda: “O senhor pode ter certeza que vamos conduzir essa CPI até o final”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.