Temer sugere que câncer foi útil e deixou governador do Rio mais bonito

Pezão está licenciado para tratamento contra um linfoma desde o começo do ano e fez sua primeira aparição pública neste sábado (30)

Temer, ministros, o governador do Rio de Janeiro e o prefeito da capital participaram do ato | Foto: Beto Barata/ PR

Temer, ministros, o governador do Rio de Janeiro e o prefeito da capital participaram do ato | Foto: Beto Barata/ PR

Michel Temer (PMDB) fez um comentário, no mínimo, infeliz durante a inauguração da linha 4 do metrô carioca neste sábado (30/7). Ao governador licenciado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), o interino disse que o câncer “lhe fez bem” e foi “útil”.

“Quero registrar a alegria de reencontrar Pezão. Até dizia a ele que existem coisas que parecem maléficas, mas que vêm para o bem. Vou tomar a liberdade de fazer um comentário pessoal: você está melhor do que antes, está até mais bonito [em provável referência à perda de peso e à cabeça raspada]. Acabou sendo uma coisa útil para Pezão”, disse. A fala foi reproduzida pelo jornal O Globo na íntegra.

Os presentes riram da piada, mas a fala gerou controvérsia nas redes sociais. O governador do Rio de Janeiro luta contra um linfoma e passou, inclusive, por sessões de quimioterapia.

Inauguração

Presidente interino Michel Temer, o governador do Rio, Pezão, e o ministro dos Esportes, Leonardo Picciani (ao fundo) | Foto: Beto Barata/PR

Presidente interino Michel Temer, o governador do Rio, Pezão, e o ministro dos Esportes, Leonardo Picciani (ao fundo) | Foto: Beto Barata/PR

Temer disse que a inauguração da obra é importante pela pujança do Rio de Janeiro e o entusiasmo com a Rio 2016. “É fundamental que esses Jogos Olímpicos promovam, e promoverão, certa e seguramente, a unidade do nosso País, não só internamente, mas também unidade internacional. Porque o esporte é o melhor meio de unir e reunir as pessoas. As Olimpíadas aqui no Rio de Janeiro geram obras que deixam um legado para a população do Rio de Janeiro. São obras importantes para as Olimpíadas, mas obras que serão utilizadas depois que passarem as Olimpíadas. Basta verificar a linha 4 do metrô, que faz com que as pessoas cheguem muito mais rapidamente às suas casas”, comentou.

As autoridades embarcaram em Ipanema e fizeram a viagem inaugural até o Jardim Oceânico, onde a imprensa os aguardava, e foram recepcionados pela Orquestra Sinfônica Jovem do Rio de Janeiro.

Segundo o prefeito Eduardo Paes, a linha 4 vai “economizar” o equivalente a 50 dias por ano para os moradores da Barra da Tijuca. “Estou com um sentimento de dever cumprido. Essa cidade nos últimos anos construiu 150 quilômetros de BRTs. Em 2009, 19% dos cariocas usavam transporte de alta capacidade. Com essa entrega aqui e agora, e com a abertura da TransBrasil, vamos ter 63% dos cariocas se deslocando com transporte de alta capacidade”, defendeu.

Em sua primeira aparição pública após o tratamento de câncer, Pezão agradeceu o empenho do prefeito para realização dos Jogos Olimpícos. Também agradeceu o empenho do vice-governador no período em que esteve afastado e lembrou o trabalho “fundamental” da presidente afastada Dilma Rousseff para a liberação de recursos para a obra do metrô.

“Quero aqui, presidente, pedir uma exceção para agradecer à presidenta Dilma, o último ato dela foi liberar recursos para essa obra. O senhor, no primeiro ato, foi também liberar recursos para essa obra. Então, isso mostra o quanto que faz o somar, o integrar as pessoas, o estender de mãos. O senhor é a pessoa talhada para esse momento. O Brasil é um país capaz”, explicou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.