Temer bate novo recorde de impopularidade e aprovação fica em 3%

Presidente é o mais impopular desde José Sarney (PMDB), cujo governo foi marcado por alta inflação

O governo de Michel Temer (PMDB) bateu mais um recorde de desaprovação e atingiu o pior nível de avaliação desde o governo José Sarney (PMDB), marcado por uma pesada inflação. Segundo pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (28/10), ele é reprovado por 77% dos entrevistados e aprovado por 3% deles.

Dos 2 mil entrevistados em 126 municípios, 16% acham que o governo é regular e 3% não souberam ou não quiseram responder. O Ibope também questionou as pessoas sobre a maneira de Temer governar e 83% dos entrevistados responderam que a desaprovam. A aprovação ficou em 7%.

Os entrevistados também foram questionados quanto à comparação entre Dilma e Temer. Para 59% deles, o governo piorou. Para 31%, permaneceu igual e para 8% deles, houve melhora. Por fim, 72% acreditam que a administração Temer não apresentará melhoras.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.