Subcomissão especial para acompanhar o futuro do Minha Casa Minha Vida é aprovada

Proposto por Adriano do Baldy, iniciativa tem como objetivo acompanhar a aplicação dos recursos destinados ao programa

O deputado federal Adriano do Baldy (PP) teve seu requerimento para criação de subcomissão Especial dentro da Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados para acompanhar o futuro do Minha Casa, Minha Vida, aprovado_Jornal Opção
Foto: Reprodução

O deputado federal Adriano do Baldy (PP) teve seu requerimento para criação de subcomissão Especial dentro da Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados para acompanhar o futuro do Minha Casa, Minha Vida, aprovado. “É necessário que o Governo Federal reveja o atual andamento do programa e orçamento. Até agora não houve explicações sobre como isso será feito”, argumentou o deputado.

O programa habitacional que já beneficiou mais de 5,5 milhões de famílias em todo o Brasil passa por um momento preocupante em razão da crescente queda nas contratações e nas retomadas das obras paralisadas. “O Minha Casa, Minha Vida é o mais importante programa social que temos na área e requer atenção e total dedicação e empenho, como foi em 2018, quando gerido pelo então ministro Alexandre Baldy, que destravou obras e iniciou novos empreendimentos”, afirmou Adriano.

Futuro Incerto

O deputado frisa que, com Baldy, o Minha Casa, minha Vida desempenhou um papel fundamental na entrega de moradias, com 75 mil novas contratações do ainda no primeiro trimestre de 2018, contando com um orçamento do Ministério das Cidades de quase R$ 70 bilhões entre Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e orçamento da União.

De acordo com o parlamentar, com a mudança da pasta da habitação e das diretrizes governamentais dentro do próprio Ministério, o programa precisa de um norte e principalmente de uma atenção para que as moradias continuem sendo entregues nessa nova legislatura.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.