STF suspende cobrança de contribuições extraordinárias pela União

Deputado considera que decisão terá impacto direto na discussão da reforma da Previdência estadual

Na tarde desta terça=-feira, 3, o supremo Tribunal Federal (STF) emitiu decisão que suspende a cobrança de contribuições extraordinárias dos servidores pela União. A informação foi dada pelo deputado estadual Karlos Cabral (PDT), que considera que isso terá impacto direto na discussão da reforma da Previdência em Goiás na Assembleia Legislativa.

“Nós vamos discutir aqui uma alíquota extraordinária e que, de acordo com o STF, não tem respaldo constitucional. Então ainda há temas que precisamos pacificar e que precisam ser debatidos”, avaliou o deputado. Sobre isso, o presidente da goiás Previdência, Gilvan Cândido, já disse que a alíquota só seria aplicada em caso de calamidade.

Para ele, a reforma da Previdência no Estado é uma necessidade, das as circunstâncias financeiras em que Goiás s encontra. “No entanto, existem muitos temas que precisam ser melhor debatidos”, afirmou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.