Startup brasileira prepara para lançar teste rápido para coronavírus

O valor previsto para ser cobrado pelo exame é de 130 reais, mas a empresa avalia condições para diminuir o custo e tornar o serviço mais acessível

Anvisa já autorizou os testes rápidos para Covid-19 | Jasni Ulak / EyeEm/Getty Images

A startup paranaense de equipamentos de saúde Hi Technologies, especializada em exames laboratoriais, está produzindo um lote de testes para diagnosticar o coronavírus, cujo avanço rápido no país tem ampliado a demanda por prevenção e detecção da doença.

Segundo o cofundador e presidente da companhia, Marcus Figueiredo, o teste foi validado há poucos dias e o primeiro lote chegará a alguns clientes em breve, chegando depois a farmácias e hospitais de algumas das cidades mais populosas do país a partir da segunda quinzena de abril.

O procedimento de teste é feito de forma remota, com a amostra de sangue coletada numa cápsula e introduzida com reagentes num dispositivo portátil. O resultado é transmitido instantaneamente para um laboratório físico, onde os dados são processados com uso de algoritmos antes da emissão de um laudo. O resultado sai em até 15 minutos, ao custo de 130 reais, diz a empresa.

Segundo Figueiredo, o procedimento é compatível com testes rápidos anunciados há cerca de um mês na China, onde a doença surgiu na virada do ano. O nível estimado de precisão do teste da Hi é de 93% a 98%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.