Sócio de escritório envolvido em denúncia contra Marconi Perillo contesta acusações

Henrique Tibúrcio, da Tibúrcio, Pena e Associados S/S, se colocou ainda à disposição do MP para prestar qualquer esclarecimento

Henrique falou ao Jornal Opção sobre acusações que envolveram nome de seu escritório em irregularidades na Saneago
Henrique Tibúrcio | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Conforme mostrado pelo Jornal Opção, a promotora Villis Marra, do Ministério Público de Goiás (MP-GO), fez o despacho de um Notícia de Fato, no dia 15 de Março, que acusa o ex-governador Marconi Perillo (PSDB) e quatro ex-presidentes da Saneago de receberam propinas milionárias em esquema de corrupção com empresários. As acusações foram feitas via denuncia anônima, o que, para a defesa dos acusados, representa descrédito.

No relato, o denunciante menciona a contratação de serviços de advocacia prestados pelo escritório Tibúrcio, Pena e Associados S/S sem licitação e com pagamento dividido em duas vezes. A primeira parcela, segundo o despacho, foi de R$ 115 mil.

Henrique Tibúrcio, um dos proprietários do escritório, por sua vez, assegura que a Tibúrcio, Pena e Associados S/S foi contratada pela Saneago no ano de 2005 e 2006. Tibúrcio reforça ainda que o escritório não presta serviços à estatal desde 2008.

“Digo com toda tranquilidade que desde 2008 não prestamos mais serviços para a Saneago nessa modalidade de contratação. Nosso escritório não tem absolutamente nada a ver com essa suposta denuncia anônima que apareceu agora”, reforçou o advogado

Ele assegura que as atividades do escritório sempre foram pautadas “pela maior lisura do mundo”. “Sempre que fomos contratados, prestamos o serviço, emitimos notas fiscais, recebemos nossos honorários, não havendo, portanto, nenhuma relação com o que vem sendo divulgado pela imprensa”.

Por fim, Tibúrcio disse que permanecerá à disposição da imprensa e do Ministério Público para esclarecer qualquer questão que envolva o nome de seu escritório “que tem, inclusive, se pautado por uma atuação absolutamente correta e republicana”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.