Socialite que chamou filha de Bruno Gagliasso de “macaca” diz que não vai se desculpar

Declaração foi feita ao jornalista Roberto Cabrini na gravação da Retrospectiva 2017 do SBT

A socialite Day McCarthy revelou que não pretende pedir desculpas a Bruno Gagliasso e a Giovanna Ewbank por ter atacado Titi, filha do casal, no fim de novembro. A declaração foi feita ao jornalista Roberto Cabrini na gravação da Retrospectiva 2017 do SBT, que irá ao ar neste domingo (17/2).

“Eu quero sentar e ter uma conversa comigo mesma e me arrepender; não quero ser falsa”, disse ela na entrevista.

Uma gravação caseira protagonizada pela socialite Day McCarthy que circulou nas redes sociais gerou revolta e uma enxurrada de críticas. No vídeo, a mulher chama a filha dos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank de “macaca feia”.

Ao longo da curte filmagem, a mulher continua proferindo outros xingamentos racistas à pequena Titi, de apenas 4 anos de idade. “A menina é preta, tem o cabelo horrível de pico de palha. Tem o nariz de preto, horrível e o povo fala que a menina é linda”, dispara.

Na entrevista a Cabrini, Dau admite que pretende procurar ajuda psicológica. “Ah sim, pretendo sim! Porque eu também quero saber o que se passa com a minha cabeça”, que conta o desejo de pedir desculpas à menina: “Porque não queria que ela crescesse e se sentisse mal por ser negra ou pelas ofensas que eu falei contra ela. Espero que daqui 10 anos, outras notícias vão vir e ela não saiba o que aconteceu 10 ou 9, 8 anos atrás”, diz.

Deixe um comentário