Servidores cobram data-base em plenário antes da votação do Plano Diretor

Exaltados, servidores se instalaram na galeria do plenário para cobrar pagamento atrasado da data-base

Na manhã desta quinta-feira, 3, o vereador Mauro Rubem (PT) utilizou os dez minutos de seu partido na tribuna para abrir espaço à tribuna popular e aos servidores que foram à galeria cobrar o pagamento da data-base. Servidores se adentraram à galeria no momento da votação de uma matéria em que visa conceder auxílio a mulheres vítimas de violência doméstica – que foi aprovado.

Esta foi uma das estratégias utilizadas pelo vereador na tentativa de atrasar a votação do Plano Diretor, que não funcionou, uma vez aprovada a inversão de pauta que adiantou a votação, independente da presença dos visitantes no plenário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.