Sérgio Rassi renuncia à presidência do Goiás por atual má fase do clube

Vice Marcelo Almeida irá assumir cargo até o fim do ano de acordo com o Hailê Pinheiro, presidente do conselho deliberativo 

Sérgio Rassi | Foto: Divulgação/Goiás Esporte Clube

Sérgio Rassi renunciou ao cargo e não completará seu mandato como presidente do Goiás Esporte Clube. A informação é do Globo Esporte.

De acordo com Hailé Pinheiro, presidente do conselho deliberativo esmeraldino, até o fim do ano o clube será gerido pelo médico Marcelo Almeida, um dos vice-presidentes do Goiás.

Sérgio Rassi deve fazer um pronunciamento às 15h desta sexta-feira (25/8).

Segundo Hailé Pinheiro, Rassi está insatisfeito com a atual fase do clube, que está à beira de zona de rebaixamento para a Série C, e também com as críticas que vem recebendo.

Trajetória

Sérgio Rassi assumiu o Goiás em 2014 para evitar o rebaixamento para a Série B. Neste ano, ele conseguiu, mas, logo em 2015, o time foi rebaixado.

Em 2016 o time não chegou perto da zona de classificação para a Série A. Este ano, o Goiás é o 15º colocado, com 25 pontos, ficando apenas a dois pontos da zona de rebaixamento. 

Deixe um comentário