Senador Romário troca o Podemos pelo PL

O deputado federal José Nelto também pode ir para o PL? Não se sabe. O que se sabe é que recebeu convide do Democratas e do MDB

O senador Romário de Souza Faria, de 55 anos, trocou na quinta-feira, 4, o Podemos pelo PL (partido controlado em Goiás pela deputada federal Magda Mofatto). Ele deve disputar a reeleição, no Rio de Janeiro. Se o quadro estiver congestionado, pode ir a deputado federal.

Álvaro Dias e Romário: adeus à parceria com o Podemos | Foto: Divulgação

Romário, que apoiou Rodrigo Pacheco (DEM-RJ) para presidente do Senado, não aprovou o fato de parte do Podemos ter apoiado Simone Tebet, do MDB-MS.  “Avalio que o partido errou ao não apoiar Rodrigo Pacheco. Se tivesse apoiado, poderia ter um hoje uma situação bem melhor no Senado, com mais protagonismo”, afirma o ex-jogador de futebol.

O presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto, e o presidente do partido no Rio, Altineu Côrtes, operaram a filiação de Romário.

José Nelto: o deputado federal não quer sair, mas tende a não se reeleger pelo Podemos | Foto: Reprodução

Costa Neto e Côrtes garantiram apoio integral para Romário disputar a reeleição. O PL teria oferecido estrutura para o senador — o que ele, segundo uma fonte, quase não tinha no Podemos.

Em Goiás, o deputado federal José Nelto pode deixar o Podemos. Ele não quer sair, porque o partido o fortaleceu muito na Câmara dos Deputados, mas, se ficar, suas chances de reeleição são mínimas. Dois partidos, o MDB do ex-deputado federal Daniel Vilela e o Democratas do governador Ronaldo Caiado, querem o seu passe. Dificilmente o Podemos terá condições de fazer uma contraoferta.

O PL de Goiás também pode ser o próximo paradeiro de José Nelto? Não se sabe. O que se sabe é que Democratas e MDB saíram na frente.

Mas vale sublinhar que, quando entrevistado, em on, José Nelto afirma que não deixará o Podemos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.