Senador aposta na aprovação de projeto que prevê ajuda aos Estados e municípios: “há um consenso”   

Presidente do Senado deve entregar uma minuta, ainda hoje, para que os senadores estudem as mudanças propostas pelo texto que será submetido à votação, no sábado

Foto: Reprodução

Os senadores irão se reunir, no próximo sábado, às 16h, via videoconferência, para votar o projeto que prevê a compensação a estados e municípios pela perda de arrecadação provocada pela pandemia de coronavírus.

Em entrevista ao Jornal Opção, o senador Luiz do Carmo (MDB) considerou, a princípio, que não seria possível aprová-lo da maneira que chegou ao Senado. “Não tinha limite [de gastos]”, ponderou. No entanto, disse que o senado confiou a Davi Alcolumbre, presidente da Casa, a missão de articular junto ao Executivo na intenção de encontrar uma boa solução para ambas as partes.

É fato que os Estados e municípios precisam ser ajudados, mas também não podemos jogar a despesa toda no colo do Governo Federal. Precisa haver consenso e uma contrapartida. Daqui uns dias isso irá refletir em todos nós [brasileiros]”, disse o senador. 

Ele aguarda a apresentação de uma minuta que será entregue na tarde de hoje pelo presidente Davi Alcolumbre. Nela, estarão contidas algumas as mudanças que serão apresentadas no sábado, data em que vão se reunir para votar o texto. A ideia é entregar a proposta de volta para os deputados federais na segunda-feira, 4.

“Não adianta votarmos para, lá na frente, o Executivo vetar. Precisamos construir algo muito bem elaborado. Mas estamos alinhados. O David é um homem sensato e têm dialogado para chegar a esse resultado”, considerou o senador que disse acreditar na aprovação do texto, no sábado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.