Sem licitação, Prefeitura de Aparecida gasta mais de R$ 39,9 milhões com kits robótica

Professores questionam compra de mais de 38 mil “Guias Práticos Maluquinho Por Robótica” pela prefeitura ainda na gestão de Gustavo Mendanha

A Prefeitura de Aparecida de Goiânia adquiriu 38.617 kits de “Guias Práticos Maluquinho Por Robótica” para alunos da rede municipal de ensino, da empresa Conexão Intelectual Comércio de Livros e Papelaria, ao custo de quase R$ 30 milhões (R$ 29.916.834,44), sem licitação. O contrato foi assinado em 17 de dezembro do ano passado, ainda na gestão de Gustavo Mendanha (Patriota), com dispensa de processo licitatório sob alegação de inexigibilidade, ou seja, quando o produto ou serviço é de exclusividade de uma única empresa. A compra, no entanto, é questionada pelo Comando de Luta da Educação de Aparecida de Goiânia, que no começo deste ano tentou promover uma greve da categoria por reajustes salariais.

Outra contrato celebrado foi com a Empresa Movimenta Editora S.A. no valor de quase R$ 10 milhões (R$ 9.756.245,00), com kits do ‘Projeto Palavra Cantada na Escola’. “Os valores pagos na compra desses materiais são um absurdo. Uma afronta à inteligência de famílias e servidores. O projeto robótica é mais uma forma de desviar verbas que deveriam ser investidas na alfabetização e defasagem de aprendizagem dos estudantes e na valorização dos servidores”, denuncia um professora vinculado ao Comando. A entidade reclama que a aquisição do material é uma afronta aos professores, que mesmo com a pandemia da Covid-19, estão com as salas de aula superlotadas, tendo mais de 40 alunos, alguns deles com necessidades educacionais especiais e sem apoio.

Somado a isso, servidores adoecidos com sobrecarga de trabalho, escolas com estruturas precárias, sem ventilador ou ar condicionado, sem internet de qualidade para preenchimento dos registros e, inclusive, para uso em sala de aula da tecnologia adquirida por Mendanha com custo milionário. A deficiência estrutural inclusive foi um fatores que deflagrou a greve dos professores de Aparecida.

Professores alegam também que sofreram nos últimos dias um grande golpe acordado entre Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sintego), Prefeitura de Aparecida de Goiânia, Secretaria de Educação e procuradoria do município acerca da negociação salarial. Como efeito, a classe decidiu ir à justiça em busca do pagamento integral do piso dos professores. Eles recordam ainda que ficaram quase dois anos na pandemia em ensino remoto com recursos próprios, sem contar com respaldo da gestão do então prefeito Gustavo Mendanha.

A reportagem entrou em contato com a assessoria da Prefeitura de Aparecida de Goiânia em busca de uma posição da gestão, mas até o fechamento a matéria, não houve retorno. O espaço segue aberto para manifestação da Prefeitura de Aparecida.

7 respostas para “Sem licitação, Prefeitura de Aparecida gasta mais de R$ 39,9 milhões com kits robótica”

  1. Avatar Luis Augusto Lima Dias disse:

    Prefeitura autorisou destruição das ultinas matas lindas no município pra fazer condomínios liberou distribuidora de bebidas ao lado de residências familiares o que provocou um êxodo de moradores que estavam visinho de distribuidoras com som alto e bebados o dia inteiro na porta ,ao lado destas fábricas de bebados ,Itu mais caro do Brasil ,jardim esplanada a menos de 600 mts da prefeitura ainda não tem asfalto água energia . Não apoio este ex prefeito.

  2. Avatar Luis Augusto Lima Dias disse:

    Não publicaram meu comentário porque foram comprados pelo ex prefeito . A verdade vocês não publicam.

  3. Avatar Valdivino disse:

    Esse gasto fenomenal tem que ser investigado,pois pode ter pessoas que levou muitos milhares em comissão aí nesse gasto.

  4. Avatar Valdivino disse:

    Esse gasto fenomenal tem que ser investigado,pois pode ter pessoas que levou muitos milhares em comissão aí nesse dinheirama toda.

  5. Avatar Valdivino disse:

    Cuidado com a censura isso e inaceitável.
    Não podemos conviver com isso.
    Temos todo direito de expressão.

  6. Avatar Socorro castro disse:

    Gostaria de também denunciar aos moradores que tem suas propriedades ao longo dos corregos santo Antônio, tamandua e Almeida. Que perderemos nossas propriedades m virtude de plano diretor aprovado sem consulta da população, criando uma zona parque ou seja um parque linear somente para beneficiar esses empreiteiros. Estão tomando nossas terras sem indenização. Gostaria que o jornal opcao fizesse uma matéria sobre isso . Estou a disposição com documentação que comprovam esse absurdo. Isso tem que ser denunciado pois a maioria da população não sabe.

  7. O que mais me espanta neste processo de compras dos kit de Robótica, é a compra de um produto absolutamente ineficiente para o assunto -Robótica.nos últimos 04 anos, de forma incansável, temos procurado a secretária municipal de educação de Aparecida de Goiânia para apresentar nosso projeto educacional em Robótica, incluindo o fornecimento na condição de comodato, porém, sem sucesso algum. Para se falar de Robótica, deve haver também um projeto educacional paralelo. Enfim, coisas da política.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.