Secretário de Finanças confirma prestação de contas da prefeitura para o dia 18

A apresentação do balanço estava marcada anteriormente para o dia 28 de outubro e foi adiada, mas agora Jeovalter garante que a nova data será mantida

O Secretário de Finanças de Goiânia, Jeovalter Correa, confirmou no início da tarde desta sexta-feira (7/11) que a prestação de contas do prefeito Paulo Garcia (PT) será realizada no dia 18 deste mês. A apresentação do balanço estava marcada anteriormente para o dia 28 de outubro e foi adiada, mas agora Jeovalter garante que a nova data será mantida.

O secretário não quis adiantar nenhuma informação e nem comentar sobre o problema de contabilidade que foi apontado por vereadores. Elias Vaz (PSB), por exemplo, havia dito no último dia 28 que as contas do ano passado estão erradas. “Jogaram valores do 1º quadrimestre para o 4º, e aí a conta não fechou”, disse.

Isso porque na Lei de Responsabilidade Fiscal usa-se sempre como referência os últimos 12 meses – ou seja, para prestar contas agora, a prefeitura deve olhar a partir de outubro do ano passado. Sobre esse assunto, Jeovalter foi esquivo. “Só com o prefeito. Não vou falar nada”, falou.

Atualmente, a dívida da prefeitura gira em torno de R$ 1,3 bilhão. Esse valor é a soma dos R$ 988.309.429,33 da dívida fundada e os R$ 400 milhões da dívida flutuante. A diferença entre uma e outra é que a primeira ultrapassa o exercício financeiro e se trata de operações de crédito via banco, parcelamentos junto ao INSS, dívidas patronais, entre outros. A segunda, é aquela que a administração tem 365 dias para pagar, após o encerramento do exercício.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.