Secretaria da Saúde em Porto Alegre é assaltada durante plantão

Alvo do ataque eram caixas eletrônicos situados no prédio

Foto: Reprodução

A sede da Secretaria Municipal da Saúde de Porto Alegre foi assaltada neste sábado (1/12). Segundo relatos, os criminosos armados avisaram aos servidores, que trabalhavam no segundo andar, que o alvo do ataque era caixas eletrônicos situados no térreo.

No momento da ação, trabalhavam no prédio médicos e demais servidores da equipe de regulação de leitos, que mantém plantão 24 horas, além de vigilantes. As testemunhas informaram que os assaltantes tentaram arrombar os caixas por alguns minutos, mas acabaram desistindo e deixaram o local sem levar nada.

A presidente em exercício do o Sindicato Médico do RS (Simers), Maria Rita de Assis Brasil, afirma que a situação reforça o problema da segurança que afeta cada vez mais os serviços de saúde. “É preciso adotar medidas que barrem os criminosos e garantam normalidade para que as pessoas responsáveis por levar saúde possam fazer seu trabalho sem correr riscos”, destacou Maria Rita.

A Polícia Civil foi chamada logo depois da ocorrência e compareceu para fazer o trabalho de perícia. Os servidores da regulação voltaram a trabalhar.  Os profissionais teriam solicitado a retirada dos caixas eletrônicos da sede da secretaria.

Em nota, o Simers manifestou preocupação com o crescente número de casos de violência na saúde no Estado. Com a nova ocorrência, o Rio Grande do Sul completa 100 episódios de violência na saúde entre 2014 e 2018. Em 2018, são 15 registros, sendo 9 na Capital.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.