Se não houver meio termo, Rodrigo Maia diz que Congresso vai derrubar veto à desoneração da folha

Presidente da Câmara lembrou que o país está saindo de uma crise e que, em breve, muitos buscarão uma nova oportunidades de trabalho. “Ai teremos uma taxa de desemprego em qual patamar? É uma herança muito ruim”

Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), afirmou que irá trabalhar na tentativa de derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro à prorrogação da desoneração da folha de pagamento para 17 setores geradores de empregos.

“O Congresso vai derrubar esse veto e vai ter que encontrar no Orçamento os R$ 10 bilhões, vai ter que cortar em algum outro lugar. Não temos medo nem problema em cortar despesa, em controlar despesa. Modéstia à parte, foi o Congresso que aprovou a reforma da Previdência. Não temos problema em construir os caminhos”, disse o presidente da Câmara em entrevista ao canal CNN Brasil.

Maia lembrou ainda que o Brasil está saindo de uma crise e que não se pode esquecer que, com o fim do isolamento, as pessoas voltarão a procurar emprego. “Vamos ter uma taxa de desemprego em qual patamar? É uma herança muito ruim”, considerou o democrata.

Congresso e governo tentam encontrar uma alternativa mais interessante para ambas as partes e há, inclusive, espaço para que a equipe economia de Guedes aponte outros caminhos. No entanto, se nada for feito, a tendência é que o veto do presidente acabe derrubado pelo parlamento. (Com informações do jornal O Globo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.