Saúde propõe lei seca e restrição a eventos para conter Covid-19 no estado

Autoridades discutem medidas mais severas para combate à pandemia em conferência

Foto: Reprodução | Prefeitura de Goiânia

A Superintendente de Vigilância em Saúde, Fluvia Amorim, destacou durante videoconferência realizada na tarde desta segunda-feira, 25, preocupação com o quadro atual da pandemia no estado. Ela sugere necessidade de os municípios de adotarem lei seca em bares após as 22 horas e restrição a eventos para conter a disseminação da Covid-19.

“É preciso que tenhamos medidas mais restritivas para os bares, por exemplo, a partir das 22h não vender mais bebida alcoólica. Os eventos também têm sido um grande problema, devido a aglomeração e a falta de cuidados sanitários e de saúde. São questões que precisam ser discutidas”, pontua.

Flúvia Amorim ainda apontou que há grande temor que a segunda onda seja pior que a primeira, como ocorreu em outros estados. Ela afirmou que há aceleração de transmissão em vários municípios goianos, como Jataí com a maior taxa, e Trindade, com a segunda maior. Goiânia, Aparecida de Goiânia, Rio Verde, Águas Lindas, Luziania, Novo Gama e Senador Canedo são outros municípios com alta taxa de transmissibilidade.

Enquete

Durante a videoconferência, o governador Ronaldo Caiado (DEM) propôs uma enquete para adoção das novas medidas restritivas pelos prefeitos para que não haja discrepância entre os municipíos.

“Somente temos vagas em Rio Verde, Anápolis, Goiânia e Aparecida de Goiânia. Nestas cidades ainda não temos as Unidades de Terapia Intensiva (UTI) lotadas”, apontou Caiado.

Lei Seca

O presidente da Federação de Comércio de Goiás (Fecomércio), Marcelo Baiocchi, se mostrou favorável à medida de restrição de horário nos bares e solicitou a ampliação de leitos no estado. Ele, no entanto, sugeriu que à medida que a contaminação diminua nas cidades haja revisão das medidas restritivas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.