Saques da poupança superam depósitos em R$ 15,668 bilhões

Em janeiro, foram retirados R$ 19,666 bilhões, maior resgate já observado para todos os meses da série histórica iniciada em 1995

Dados do Banco Central divulgados nessa sexta-feira, 4, mostraram que em janeiro os saques líquidos na poupança atingiram valor de R$ 19,666 bilhões. Este foi o maior registro já observado para todos os meses da série histórica iniciada em 1995 e superou os depósitos em R$ 15,668 bilhões no Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE).

Diferente de 2020, que com o Auxílio Emergencial os números de depósitos chegaram a R$ 166 bilhões, em 2021 os saques líquidos foram de R$ 35,5 bilhões. Esse número pode ser em decorrência do agravamento da crise econômica que fez com que os números de rendimento também caíssem.

Na poupança rural, as saídas foram de R$ 3,988 bilhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.