Roberto Naves lança programas de bolsas de estudo para ensino superior e de iniciação esportiva para jovens

No mês de aniversário, a prefeitura do município planejou uma série de eventos comemorativos e também anunciou novos programas

A cidade de Anápolis completa 112 anos no próximo dia 31 de julho. No mês de aniversário, a prefeitura do município planejou uma série de eventos comemorativos e também anunciou novos programas. O ‘Graduação’, com bolsas de estudo para o ensino superior destinado a pessoas de baixa renda. Também o ‘IntegrAção’, que oferece às crianças e adolescentes atividades como iniciação esportiva e cultural no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV).

Por meio do Programa Graduação, que conta com cota de 5% às pessoas com deficiência, a prefeitura irá investir R$ 250 mil. Prefeito do município, Roberto Naves (PTB) explicou que o programa tem o objetivo de democratizar o acesso ao ensino superior. De acordo com ele, serão 300 bolsas de estudo, sendo 100 integrais e 200 parciais – que podem variar de 60% a 80%, conforme rendimento do aluno.

“Nós queremos que os resultados positivos do índice de empregos em Anápolis sejam realidade permanente. Para isso, o Programa GraduAção tem papel fundamental”, frisou Roberto Naves.

De acordo com a Comunicação da prefeitura, a intenção é que haja aumento gradual da quantidade de bolsas ofertadas. Ainda segundo a assessoria, os recursos destinados aos beneficiários não são reembolsáveis, ou seja, não precisarão ser devolvidos pela população. “A contrapartida do estudante será feita com trabalho. Ele prestará serviços durante o curso em órgãos públicos, entidades e instituições previamente cadastradas, com carga horário compatível com os estudos e de acordo com a natureza da sua área de formação”, explicou o prefeito. Nos próximos dias serão publicadas as regras para participação do processo seletivo, bem como procedimentos para inscrição.

IntegrAção – Por meio do Programa, as atividades oferecidas a crianças e adolescentes no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV) serão ampliadas. Conforme informa a prefeitura, a medida passa a valer a partir de agosto, ocasião em que as secretarias municipais de Desenvolvimento Social, de Cultura e de Esportes passarão a atuar juntas no atendimento que antes era feito apenas pela primeira pasta.

Além das atividades tradicionais de recreação já oferecidas, como informática, oficinas de arte e futebol, serão disponibilizadas também iniciação esportiva e cultural. “O foco é no ganho de qualidade do serviço, que atende hoje mais de 2 mil crianças na cidade”, explicou Roberto Naves.

SCFV – O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo atende crianças e adolescentes, entre 6 e 17 anos, no contraturno escolar, com atividades diárias como grupo de convivência e oficina temáticas que abordam cidadania, participação e convivência social, além de futebol, recreação, música, dança, informática e artes.

“O serviço tem caráter preventivo e proativo; pautado pela defesa, afirmação de direitos e desenvolvimento de potencialidades dos usuários, a fim de promover o enfrentamento das vulnerabilidades sociais. As atividades socioeducativas previnem situações de violação de direitos, na medida em que fortalecem os vínculos e estimulam a convivência familiar e comunitária”, descreve o site da prefeitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.