Revitalização da Praça do Trabalhador começou nesta segunda-feira

Até a conclusão da obra, prevista para novembro, as feiras Hippie e da Madrugada funcionarão em locais alternativos

A prefeitura de Goiânia deu início, nesta segunda-feira, 17, às obras de revitalização da Praça do Trabalhador. O local será fechado com tapume e as máquinas removerão o piso, para preparar o terreno e construir a rede de drenagem.

A obra está prevista para durar cinco meses, entretanto, houve atraso no cronograma, em virtude das negociações com feirantes. Durante a obra, a feira Hippie funcionará em locais alternativos, ao redor da praça.

A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra) preparou o local onde os feirantes irão trabalhar até a conclusão da obra. Será criada, ainda, uma via central entre a 44 e a Goiás Norte.

A prefeitura informou que, para acomodar as barracas, uma pista da Rua 44 será interditada para o trânsito no sentido Norte/Sul. Os feirantes também ocuparão um trecho da 67-A, paralelo à Avenida Independência, entre a Rua 44 e a Goiás Norte. Já a feira da Madrugada ocupará a viela da 44.

Ao fim das obras, a feira Hippie deverá voltar a funcionar na praça, às sextas, sábados e domingos, com bancas padronizadas, e a feira da Madrugada retornará suas atividades, às quartas e quintas-feiras.

Nos dias em que as feiras não funcionarem, o espaço servirá de estacionamento para todos os tipos de veículos, com um total de 1.272 vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.