Relator retira emenda que beneficiaria Lula da proposta de reforma política

Segundo deputado Vicente Cândido, pedido foi feito pelo próprio ex-presidente

Vicente Cândido é deputado pelo PT | Foto: Agência Câmara

O deputado Vicente Cândido (PT-SP), relator da reforma política na Comissão especial da Câmara dos Deputados, havia incluído em seu parecer um artigo para impedir que candidatos sejam presos até oito meses antes das eleições. Se aceita, a regra já valeria para as eleições de 2018. Nesta terça-feira (1º), porém, o parlamentar disse que irá retirar a emenda da proposta.

De acordo com a Coluna do Estadão, o pedido foi feito pelo próprio ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, que, informalmente, dava nome ao texto, já que poderia beneficiá-lo para as eleições à presidente, após ter sido condenado a 9 anos e seis meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

“Já que a emenda é minha, faço com ela o que quiser. Retire-a”, disse ele ao deputado Vicente Cândido.

Atualmente, o artigo 236 do Código Eleitora proíbe a prisão 15 dias antes da votação. O artigo do relator tinha sido incluído em seu relatório “sem alarde”.

A proposta de reforma política deve ser colocada em votação na Câmara nesta quinta-feira (3).

 

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antonio

“Já que a emenda é minha, faço com ela o que quiser. Retire-a.”
Maior que a arrogância deste ser imundo é só a burrice de quem ainda o defende.
Isso tem um nome “megalomaníaco”.