Relator do Plano Diretor diz que vai sugerir mudanças com foco no desenvolvimento econômico

Vereador Cabo Senna adianta que projeto para reerguer comércio em áreas com a economia enfraquecida de Goiânia fará parte do debate sobre Plano Diretor

Cabo Senna se reúne com sua equipe para analisar Plano Diretor | Foto: Divulgação

O relator do Plano Diretor, vereador Cabo Senna (Patriota), afirmou nesta sexta-feira, 8, ao Jornal Opção, que um de seus focos é criar um planejamento aprofundado para dar upgrade na economia goiana, especialmente em locais onde o comércio era forte, mas tem perdido clientes com o enfraquecimento comercial da região. A sugestão, ainda está em desenvolvimento, e fará parte do projeto que dita as diretrizes de ordenamento urbano para os próximos dez anos.

Como o Plano Diretor é complexo e abrange diversos eixos, a Câmara Municipal de Goiânia decidiu dividir os temas em subcomissões que contemplarão todos os vereadores da Casa. Para compreender as necessidades da cidade, o Cabo Senna diz receber ligações de associações e grupos, que tem frequentemente entrado em contato para apresentar suas demandas e sugestões.

“Eu acredito, pelo que ouvi de vereadores antigos, essa [questão] territorial, incremento de área rural, vazios urbanos geralmente dá muita discussão. A área econômica também, como discussão e criação de polos geralmente dá mais polêmica”, falou o vereador sobre os temas que provavelmente devem gerar mais debate na Casa. “Para a cidade crescer, tem que ter economia, por isso tem que ser uma das primeiras coisas a ser discutida. A cidade vai crescer para onde? Para o lado norte? O que vamos ter lá? Para o sul? O temos que ter que lá?”, disse.

Retomada presencial

Sobre o ritmo das reuniões para tratar do plano diretor, Cabo Senna informou que a partir da próxima semana, as conversas serão retomadas. “A partir de segunda-feira,11, às 14h, já teremos a primeira reunião. Vai ser presencial. Vamos fazer no auditório Jaime Câmara, que é muito grande. Vamos fazer com poucas pessoas, cumprindo as ordens da Organização Mundial da Saúde para evitar a Covid-19”, informou Cabo Senna.

“Vamos ser bem responsáveis. Mas vamos ter que fazer isso. As coisas estão acontecendo e não podemos ficar parados. As pessoas estão com medo de se reunir. Não pode gripar que já é o Covid-19, não pode tossir. As pessoas estão com muito medo. Dentro das medidas de segurança e da Secretaria de Saúde (SES-GO), vamos continuar o trabalho”, falou o parlamentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.