Relator da CPI do BNDES diz que pedirá indiciamento de Lula e Dilma

Deputado afirma haver indícios de participação em esquema criminoso, apontando formação de quadrilha e corrupção passiva

Foto: reprodução

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), deputado federal Altineu Côrtes (PL), afirmou durante atividades da comissão nesta terça-feira, 8, que pedirá o indiciamento e aprofundamento das investigações dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. Para o parlamentar, há indícios de participação dos políticos em esquema criminoso entre 2003 e 2015, apontado crimes de formação de quadrilha e corrupção passiva.

As investigações envolvem operações de financiamento à exportação de bens e serviços de engenharia vinculados à Odebrecht e JBS. Além de Lula e Dilma, os ex-ministros da Fazenda Guido Mantega e Antônio Palocci foram citados por Altineu Côrtes.

Nomes de ex-presidentes e funcionários da Odebrecht  também figuram entre os acusados por Côrtes. Emílio e Marcelo Odebrecht por corrupção ativa, formação de quadrilha, gestão fraudulenta de instituição financeira e prevaricação financeiras.

O relatório será enviado para o Ministério Público Federal (MPF), Tribunal de Contas da União (TCU) e para o Ministério da Economia, com possibilidade de também ser enviado à Procuradoria Geral da República (PGR).

Após os apontamentos de Côrtes, o presidente da comissão, deputado Vanderlei Macris (PSDB), afirmou que vai dar vista coletiva, dessa forma o texto deve ser votado apenas na próxima semana.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.