Reforma Tributária deve aumentar em 100% os impostos para hospitais, aponta estudo de sindicato

Afirmação foi feita com base em pesquisa realizada pelo Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios de São Paulo.

Pesquisa realizada pelo Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios de São Paulo (Sindhosp), aponta que a proposta do governo de Reforma Tributária somada ao projeto que trata das novas regras do Imposto de Renda vai causar o dobro da taxação aos serviços de saúde.

Segundo o Sindhosp, mesmo reduzindo a tributação de renda o projeto de reformulação do IR aumenta os impostos sobre distribuição de lucros e dividendos.

Para realizar o levantamento, a sindicato cita o caso do lucro presumido “hospitalar”, ou seja, o regime adotado por clínicas médicas, laboratórios, consultórios odontológicos, casas de repouso e hospitais.

Desse modo, a tributação de IRPJ / CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) somada à taxação de 20% da distribuição de lucros proposta resultou em um aumento de carga tributária de mais de 100%.

Ainda segundo o Sindhosp, se somados a Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços (12%), a tributação de distribuição de lucros e IRPJ / CSLL e um estabelecimento de saúde que utiliza o lucro presumido “hospitalar”, haveria um aumento de custo tributário em quase 170%. Isso sem contar encargos de folha e outros tributos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.