Reeducando rompe tornozeleira eletrônica e coloca equipamento em poste no Terminal Garavelo

Segundo informações da DGAP, medidas cabíveis já foram tomadas contra monitorado que encontra-se na situação de foragido

Foto: Reprodução

Uma imagem inusitada tem circulado nas redes sociais desde o início da manhã desta segunda-feira, 20, o registro de uma tornozeleira eletrônica deixada em um poste localizado em frente ao terminal Garavelo.

A ousadia do reeducando chamou a atenção de quem passava pelo local, e da coordenação da Gerência de Monitoramento Eletrônico da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), que informou por meio de nota que tomou as medidas cabíveis em relação ao caso.

Segundo informações, o judiciário já foi informado e o monitorado encontra na situação de foragido. Confira a nota da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) na íntegra:

A coordenação da Gerência de Monitoramento Eletrônico da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informa que já foram tomadas as medidas cabíveis em relação ao reeducando que rompeu a tornozeleira eletrônica encontrada em um poste localizado nas proximidades do Terminal Garavelo.

Ressalta ainda que o judiciário já foi informado e que o monitorado encontra na situação de foragido.

Goiânia, 20 de maio de 2019.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.