Rede Saraiva registra prejuízo de R$ 106,9 mi em dezembro

Empresa teve recuo de 58,2% na receita entre 2016 e 2017, de R$ 202 milhões para R$ 84 milhões

Rede de livrarias encontra dificuldades para repor estoque nas lojas físicas devido ao processo de recuperação judicial | Foto: Divulgação

A rede varejista de livros Saraiva acumulou prejuízo de R$ 106,9 milhões em dezembro passado, de acordo com o relatório mensal elaborado pela administradora judicial Lucon Advogados. A empresa pediu recuperação judicial em novembro de 2018.

“A partir do pedido de recuperação judicial em 23 de novembro de 2018, segundo a companhia, houve redução no abastecimento de livros nas lojas físicas, resultando também em prazos maiores para atendimento de pedidos de livros no canal e-commerce — com impacto negativo na percepção dos clientes, o que prejudicou as vendas da companhia em dezembro de 2018”, diz o relatório da Lucon Advogados.

A administradora judicial também atribuiu o prejuízo ao encerramento da venda de produtos de informática e eletrônicos nas lojas físicas. Ao comparar o dezembro de 2017 com 2016, a receita da Saraiva caiu 58,2%. Em 2016 foram R$ 202 milhões de receita contra R$ 84,5 milhões de 2017.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.