Rebeca Andrade impressiona com Baile de Favela em Tóquio

Na somatória dos pontos, Rebeca ficou atrás apenas da estrela americana Simone Biles. A final do individual geral será na quinta-feira (29), às 7h50 (horário de Brasília)

Rebeca Andrade | Imagem: Ricardo Bufolin/Confederação Brasileira de Ginástica

Neste domingo, 25, o time brasileiro da ginástica feminina nas Olimpíadas de Tóquio foi marcado pela lesão preocupante de Flávia Saraiva e pelo bom desempenho de Rebeca Andrade. A performance de Rebeca, que recebeu pontuação de 14.066, garantiu à brasileira a vaga em três finais individuais: no solo, no salto e também no individual geral, onde só teve pontuação menor que a estrela Simone Biles. 

A primeira boa impressão de Rebeca Andrade veio no solo, ao som do funk “Baile de Favela”. Recebendo a nota 14.066, ela ocupou a quarta posição, logo atrás das norte-americanas Jade Carey (14.100) e Simone Biles (14.133), e da italiana Vanessa Ferrari (14.166). Em sequência, na prova do salto, Rebeca recebeu a nota final de 15.100, ficando atrás, novamente, apenas da norte-americanas Carey (15.166) e Biles (15.183). Nas barras assimétricas, com uma série limpa, sua nota foi 14.200, insuficiente para a final no aparelho, mas que contribuiu para a ótima pontuação para a decisão do individual geral.

Com uma somatória de 57.399, a brasileira ficou logo atrás de Simone Biles, com 57.731. Essa será a primeira disputa de medalhas de Rebeca Andrade em Tóquio: a final do individual geral será na quinta-feira (29), às 7h50 (horário de Brasília). A decisão do salto será no dia 1º de agosto, às 5h, e a final do solo, no dia seguinte (2), no mesmo horário. Além das três finais de Rebeca, a ginástica ainda conquistou a vaga na trave com Flávia Saraiva, que agora tentará acelerar sua recuperação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.