Raquel Teixeira garante que centros culturais não vão fechar: “Agenda será mantida”

Secretária desmente informação de que Martim Cererê e Teatro Goiânia paralisariam suas atividades para “ajustes”

A Secretaria de Educação, Cultura e Esporte, Raquel Teixeira, garantiu ao Jornal Opção Online que o cancelamentos dos espetáculos no Teatro Goiânia de fevereiro e março deste ano não passaram de um equívoco. “Não tem nada cancelado. Tudo será mantido da forma que estava”, garantiu.

A informação sobre os cancelamentos chegou a ser divulgada no Facebook do Teatro Goiânia. Isso porque um e-mail foi enviado ao órgão, ao Centro Cultural Martim Cererê, e a companhias que produzem os espetáculos — como foi confirmado por um funcionário da Cia Quasar, que possui agenda para os dias 12 a 15 de março no Teatro Goiânia. “Recebemos um e-mail cancelando tudo”, disse.

Diferente do Teatro Goiânia, no Martim Cererê, o diretor Marco Antonini disse na última quarta-feira (28) que os shows no local não seriam prejudicados, pois a informação que havia chegado era de que o cancelamento seria apenas na primeira semana de fevereiro. “Como nós não temos nada na agenda, não houve prejuízo”, disse.

Conforme disse Marco, a superintendência de cultura estava esperando a secretária chegar de viagem para assinar os contratos — já que com a incorporação, ela passou a responder pela área.

De acordo com Raquel Teixeira, o e-mail foi enviado por um funcionário, que de acordo com ela, não trabalhar mais na superintendência. “A secretária sou eu, e estou dizendo que tudo foi mantido. Esse e-mail foi enviado por um funcionário que nem é mais funcionário”, afirmou.

A assessoria de Raquel Teixeira disse ao Jornal Opção Online nessa quinta-feira (29) que questões jurídicas estavam sendo resolvidas nesse mês, e as readequações de todas as áreas — devido à incorporação — estavam sendo feitas.

5
Deixe um comentário

2 Comment threads
3 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
André LDC

E O CINE CULTURA? E O CENTRO CULTURAL MARIETA TELLES MACHADO COMO UM TODO?

Amanda

O Cine Cultura sempre esteve funcionando, não esta aberto por boicote de algumas pessoas.

Léo Talone

Ué, funcionários demitidos, inclusive o projecionista é boicote? Não entendi. Só se for boicote da Secult e do Governo de Goiás. O Cine Cultura não funciona desde 4 de dezembro, já vão fazer dois meses.

Henrique

ques pessoa Amanda?

Léo Talone

E o Cine Cultura, hem?