Rafael Gouveia usa a tribuna para repudiar série da Netflix, em que Jesus é homossexual

Parlamentares da ala conservadora endossaram discurso

Deputado estadual Rafael Gouveia (Progressista) | Foto: Divulgação

Em sessão ordinária na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, realizada na tarde desta quarta-feira, 11, o deputado Rafael Gouveia (Progressista) usou a tribuna para repudiar a nova série da programação da plataforma de streaming Netflix, realizada pelo grupo Porta dos Fundos.

De acordo com o parlamentar, a série representa Jesus como homossexual e, por isso, seria inaceitável. Rafael Gouveia é pastor evangélico e disse falar como representante de seus eleitores. Os deputados Paulo Trabalho (PSL) e Cairo Salim (PROS) endossaram o discurso do colega de Casa.

No Twitter, o humorista Fabio Porchat ironizou as críticas que a série tem recebido de segmentos evangélicos e conservadores. “A divulgação tá pesadíssima né, menina”, escreveu na rede social.

Uma petição online foi criada para que a Netflix retire a série de seu acervo. Ela já conseguiu mais de 180 mil assinaturas em apenas 5 dias após sua criação. O objetivo, segundo os organizadores do protesto, é atingir 200 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.