PSL deve expulsar parlamentares que votaram contra o Fundeb

Representação contra Bia Kicis será a primeira a chegar ao conselho de ética do PSL

Deputada federal Bia Kicis | Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O PSL sinalizou que pretende expulsar os deputados federais que votaram contra a PEC do Fundeb. A representação contra Bia Kicis (PSL-DF) será a primeira a chegar ao conselho de ética do PSL. Em seguida, será a vez dos deputados pesselistas Chris Tonietto (RJ), Filipe Barros (PR), Luiz Phillipe de Orleans e Bragança (SP), Junio Amaral (MG) e Márcio Labre (RJ).

“É um absurdo os diversos posicionamentos contrários à sociedade vindos desses deputados bolsonaristas, que no final acabam maculando a imagem do PSL”, afirmou o vice-presidente nacional da sigla, deputado Júnior Bozzella, ao defender a expulsão como o caminho “mais justo”.

Bozzella diz que recebeu reclamações de vários filiados e entidades pedindo que os parlamentares que votaram contra o Fundeb sejam alijados do partido. Depois de receber a representação, o conselho de ética emite o parecer e encaminha para a Executiva. A decisão final é do diretório, em votação.

A previsão é que até terça-feira, 28, a representação chegue à Executiva Nacional da legenda. (Com informações do UOL)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.