Promotor diz que vai denunciar cunhado de Ana Hickmann por homicídio

Contrariando versão da polícia, promotor mineiro acredita que Gustavo Henrique Bello pode não ter agido em legítima defesa

Reprodução

Reprodução

O promotor Francisco de Assis Santiago, que atua no 2º Tribunal do Júri do Fórum Lafayette, em Belo Horizonte, deve denunciar à Justiça ainda nesta quinta-feira (7/7) o cunhado da apresentadora Ana Hickmann, Gustavo Henrique Bello, pelo crime de homicídio. As informações são do site mineiro “EM”.

A provável denúncia contraria o entendimento da Polícia Civil de Minas Gerais. Conforme entendimento do promotor, Gustavo pode não ter agido em legítima defesa ao matar Rodrigo Augusto de Pádua, de 30 anos, autor de um atentado contra Ana, no Hotel Caesar Business, na capital mineira.

Caso a Justiça resolva acatar a denúncia, Gustavo passará a ser réu no caso que chamou a atenção do País inteiro em maio deste ano.

Declarado fã de Ana Hickmann, Rodrigo Augusto de Pádua se hospedou no hotel onde ela estava em Belo Horizonte e teria tentado matá-la. No momento da ação, Rodrigo teria ameaçado o cunhado da apresentadora com uma arma e o obrigado a levá-lo ao quarto em que Ana Hickmann estava hospedada.

O cunhado de Ana teria entrado em luta corporal com Rodrigo e, conseguido desarmá-lo, disparando três vezes contra Rodrigo. Durante a ação, a modelo teria chegado a ficar sob a mira de Rodrigo, que a ofendia e ameaçava.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.