Projeto visa a proibir sacrifício de animais saudáveis

Vereador afirma estar criando segmento de leis que possibilite controle populacional de animais com responsabilidade

Zander Fábio afirma estar representando interesses de grande parte da população que vem se conscientizado sobre o sofrimento dos animais | Foto: Reprodução

Após denúncia do vereador Zander (Patriota) de que o Centro de Zoonose de Goiânia estaria praticando eutanásia em animais saudáveis por falta de espaço, o parlamentar propôs criação de lei para proibir o sacrifício sem critérios. A lei proposta estipula períodos de quarentena e publicação de laudos de dois médicos veterinários que concordem que o animal precisa ser eutanasiado. 

O Vereador afirma estar representando os interesses de boa parcela da população, de ONGs protetoras e de ativistas da causa animal. “Estamos enxugando gelo. Precisamos de um protocolo para lidar com animais; por isso a importância do hospital público veterinário. O primeiro passo deste hospital deve ser um programa de castração em massa para que tenhamos controle populacional”.

Zander afirma que os órgãos municipais agiram sem leis que regulamentassem sua atuação. “A partir das leis que estão sendo votadas, da conscientização de que animal não é coisa mas sim uma vida, acabarão as desculpas da falta de conhecimento” afirmou o parlamentar. “A falta de espaço já não é mais desculpa, porque a criação do abrigo virou lei. Estamos criando um segmento de leis que vai dar condições para controle populacional desses animais com responsabilidade”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.